O Projeto-farol Sharing Cities pretende testar uma nova abordagem para criar cidades inteligentes. Promovendo a cooperação internacional entre a indústria e as cidades, o projeto procura desenvolver soluções acessíveis, que resultem em soluções comerciais com elevado potencial de mercado para as cidades inteligentes.


O Sharing Cities permite o envolvimento do cidadão e a cooperação a nível local, reforçando a confiança entre as cidades e os cidadãos.


Os parceiros do projeto vão trabalhar com a Parceria Europeia de Inovação para Cidades Inteligentes e Comunidades e com outros consórcios ‘farol’. O projeto, que abrange mais de 100 municípios por toda a Europa, dispõe de 24 milhões de euros, provenientes de fundos comunitários, e procura atrair 500 milhões de euros em investimento.


Missão


As cidades selecionadas - Lisboa, Londres e Milão - vão implementar soluções digitais urbanas e modelos de cooperação. O Royal Borough of Greenwich em Londres, a Porta Romana/Vettabbia em Milão e a Baixa de Lisboa vão ter edifícios reabilitados, serviços de mobilidade elétrica partilhada, sistemas de gestão de energia, postes de iluminação inteligente e uma plataforma de partilha urbana, envolvendo os cidadãos. As cidades parceiras, Bordéus, Burgas e Varsóvia vão co-desenvolver, validar ou implementar essas soluções e modelos.



Áreas


Placeholder image

Sistemas de gestão de energia

Placeholder image

Reabilitação de edifícios

Placeholder image

Partilha de veículos elétrico

Placeholder image

Bicicleta elétrica

Placeholder image

Postes de iluminação inteligente

Placeholder image

Postos de carregamento de veículos elétrico

Placeholder image

Estacionamento inteligente

Placeholder image

Logística eletrónica

Placeholder image

Plataforma de partilha urbana

10 objectivos ambiciosos


Agregar a procura e implementar soluções para cidades inteligentes

Produzir modelos inovadores comuns e reproduzíveis

Atrair investimento externo

Intensificar o crescimento e adoção de soluções para cidades inteligentes

Zonas-piloto de eficiência energética

Mudança de comportamentos em relação a fontes de energia renováveis locais

Promover novos modelos de mobilidade elétrica

Forte envolvimento com os cidadãos

Explorar ao máximo a informação da cidade

Promover a inovação a nível local, criar postos de trabalho e novas empresas

Parceiros Sharing Cities